Ars Anji


Primeira alteração Ars Anji

Declaração de direitos de cidadã.    

 

            Esse é o meu país, os estrangeiros são convidados e os brasileiros bem-vindos. Nele reina, mas não impera, a paz; luta-se por respeito e ensina-se a igual fraternidade entre as pessoas. Meu país sou eu, e nele todos de quem já ouvi falar, imigrados.

 

            Nasci em um casarão de Muzambinho, Minas Gerais, e fui registrado propriedade do Brasil. Conhecendo do mundo gente de todas as raças, revoltei-me. O mundo não é nada disso do que se diz. Não é redondo, nunca foi cercado de cachoeiras e nem mesmo é um globo girante ou um átomo ou uma célula como mesmo eu disse tempos atrás. Aprendi, e sei agora que fui enganado durante toda minha vida, ser o maior sábio o que nada sabia. O maior sábio é o que tudo sabe e costuma responder por diversos nomes, entre eles Deus. O mundo é pura luz, suja – por nós! – mas pura.

 

            Declarei então minha independência. No meu país reino eu. Em pleno gozo de meus direitos de cidadão, declarei-me desobediente civil ao Brasil e não mais reconheci qualquer autoridade estrangeira. Para efeitos de referência, país tem que ter nome e o meu reino não é diferente, se chamava Marcos A. Rondineli e teve sua origem contra a vontade como Marcos Aurélio Rondineli de Oliveira, e foi nominado, a partir de nove de janeiro de 2006, Ars Anji. Nossa moeda: amor. Divide-se e vale muito, ao par do Real, brasileiro.

 

            São direitos individuais da cidadã, a pessoa humana:

 

            A fé, a paz, a vida, a terra e seus frutos, as idéias, a verdade e o respeito.

 

            Define a filosofia dos deveres:

 

            Toda cidadã é igual a outra perante a lei.

 

            Lei primeira: é proibido proibir e fica desde já revogada.

 

            Lei segunda: em caso de dúvida, vale a opinião do mais convincente.

            Artigo único: quem tem mais amigos é mais convincente.

 

            Lei terceira: valoriza-se a vida.

 

                        Artigo primeiro: o ser humano tem primazia sobre os demais.

                        Parágrafo único: intervenções naturais e divinas têm primazia sobre todos os  seres.

                        Artigo segundo: todo ser vivo tem direito à vida.

                        Parágrafo único: tudo o que dá vida tem vida.

 

            Lei quarta: toda cidadã tem o dever de abrigar, em regime de albergue, a outra.

 

            Lei quinta: o inferno não prevalece.

Ars Anji, 27 de maio de 2009

Declara-se a invalidade da constituição anterior, em favor desta, mais aberta a diálogos.



Escrito por Rondineli às 23h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Declaração de direitos de cidadã

Declaração de direitos de cidadã.    

 

            Esse é o meu país, os estrangeiros são convidados e os brasileiros bem-vindos. Nele reina, mas não impera, a paz; luta-se por respeito e ensina-se a igual fraternidade entre as pessoas. Meu país sou eu, e nele todos de quem já ouvi falar, imigrados.

 

            Nasci em um casarão de Muzambinho, Minas Gerais, e fui registrado propriedade do Brasil. Conhecendo do mundo gente de todas as raças, revoltei-me. O mundo não é nada disso do que se diz. Não é redondo, nunca foi cercado de cachoeiras e nem mesmo é um globo girante ou um átomo ou uma célula como mesmo eu disse tempos atrás. Aprendi, e sei agora que fui enganado durante toda minha vida, ser o maior sábio o que nada sabia. O maior sábio é o que tudo sabe e costuma responder por diversos nomes, entre eles Deus. O mundo é pura luz, suja – por nós! – mas pura.

 

            Declarei então minha independência. No meu país reino eu. Em pleno gozo de meus direitos de cidadão, declarei-me desobediente civil ao Brasil e não mais reconheci qualquer autoridade estrangeira. Para efeitos de referência, país tem que ter nome e o meu reino não é diferente, se chamava Marcos A. Rondineli e teve sua origem contra a vontade como Marcos Aurélio Rondineli de Oliveira, e nomino-o, a partir de hoje, nove de janeiro de 2006, Ars Anji. Nossa moeda: amor. Divide-se e vale muito, ao par do Real, brasileiro.

 

            São direitos individuais da cidadã, a pessoa humana:

 

            A fé, a paz, a vida, a terra e seus frutos, as idéias, a verdade e o respeito.

 

            Define a filosofia dos deveres:

 

            Toda cidadã é igual a outra perante a lei.

 

            Lei primeira: é proibido proibir e fica desde já revogada.

 

            Lei segunda: em caso de dúvida, vale a opinião do mais convincente.

 

            Lei terceira: valoriza-se a vida.

 

                        Artigo primeiro: o ser humano tem primazia sobre os demais.

                        Parágrafo único: intervenções naturais e divinas têm primazia sobre todos os  seres.

                        Artigo segundo: todo ser vivo tem direito à vida.

                        Parágrafo único: tudo o que dá vida tem vida.

 

            Lei quarta: todo cidadão tem o dever de abrigar, em regime de albergue, a outro.

 

            Lei quinta: o inferno não prevalece.



Escrito por Rondineli às 18h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




free information

/*  blog
------------------------------------------- */
#bBlog .outerPostC1,
#bBlog .outerPostC2,
#bBlog .outerPostC3,
#bBlog .outerPostC4,
#bBlog .outerPostC5,
#bBlog .outerPostCPrs {position:relative; padding: 9px 0 0; margin:0;}

#bBlog .postImgTop {width:76px; height:26px; position:absolute; top:0; left:0; z-index:20;}
#bBlog .postImgLeft {width:25px; height:41px; position:absolute; top:26px; left:0; z-index:20;}

#bBlog .postC1ImgTop {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCLinkTop.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC2ImgTop {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCEventoTop.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC3ImgTop {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCCitacaoTop.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC4ImgTop {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCAvaliacaoTop.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC5ImgTop {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCDesejoTop.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postCPrsImgTop {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCPersonTop.gif) no-repeat 0 0;}

#bBlog .postC1ImgLeft {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCLinkLeft.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC2ImgLeft {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCEventoLeft.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC3ImgLeft {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCCitacaoLeft.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC4ImgLeft {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCAvaliacaoLeft.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postC5ImgLeft {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCDesejoLeft.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlog .postCPrsImgLeft {background: transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/postCPersonLeft.gif) no-repeat 0 0;}

#bBlog .innerPostC1,
#bBlog .innerPostC2,
#bBlog .innerPostC3,
#bBlog .innerPostC4,
#bBlog .innerPostC5,
#bBlog .innerPostCPrs {border: 1px solid #666; margin: 0 0 0 11px; padding:0;}

#bBlog .postContent {border: 1px solid #fff; margin: 0; padding: 20px 5px 5px 10px;}
#bBlog .postContent p {margin:0 0 10px 15px; padding:0; font: small Arial, Verdana, sans-serif;}

/*  categorias
------------------------------------------- */

#bBlogCateg #catTitleLink h3 {background:transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/titCategLink.gif) no-repeat 5px 0;}
#bBlogCateg #catTitleEvento h3 {background:transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/titCategEvento.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlogCateg #catTitleCitacao h3 {background:transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/titCategCitacao.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlogCateg #catTitleAvaliacao h3 {background:transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/titCategAvaliacao.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlogCateg #catTitleObjDesejo h3 {background:transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/titCategDesejo.gif) no-repeat 0 0;}
#bBlogCateg #catTitleOPerson h3 {background:transparent url(http://blog.i.uol.com.br/categs/titCategPerson.gif) no-repeat 0 0;}

#bBlogCateg .catTitle {margin:10px; text-align:left; border-bottom:1px ridge #ccc;}

#bBlogCateg #catTitleH3 {margin:0 !important; padding:5px 0 10px 45px !important; line-height:30px; font:bold 18px arial, verdana, sans-serif !important;}

#bBlogCateg .postContent p {margin:0 0 15px 0; padding:0; font: small arial, verdana, sans-serif;}

#bBlogCateg .pCTitle {font-weight:bold;}
#bBlogCateg .pCTitleMod {font-weight:bold !important;}



Escrito por Rondineli às 18h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, MUZAMBINHO, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Filosofia de Ketinunkantim
  Ketinunkantim at Twitter
  Ketinunkantim at Enchanted Forest
  Marcos A. Rondineli exactly as I am
  Ketinunkantim at Youtube
  arsanji @ twitter
  Ketinunkantim no Yahoo!
Votação
  Dê uma nota para meu blog